Nirvana


Sou o Outro e os Outros e todas as Outras Coisas
Sou o Universo
Sou o Criador e a Criatura
Sou tudo o que vive e tudo o que morre
Sou infinitamente pequeno e infinitamente grande
Sou tudo o que é e tudo o que já foi e tudo o que será
O prazer e a dor são um e o mesmo
Nada me falta porque nada tenho
Tudo tenho porque sou

Sem comentários:

Publicar um comentário